Loading...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Sentir- se amado

Sentir-se amado

O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.

Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.

Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.

A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?

Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato."

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.

(Martha Medeiros)

Lauren

sábado, 23 de julho de 2011

Corrida do Salto Alto



Sábado dia 16 uma competição bem diferente atraiu muitas pessoas na famosa Praça Vermelha, no centro de Moscou, Rússia. Cerca de 50 mulheres participaram de uma corrida de “salto alto”, na qual elas esperavam ansiosas pelo prêmio de 100 mil rublos, equivalente a R$ 6 mil, para gastar em compras num shopping local. *-* Medeus queeero pra mim '-'





A única regra era usar sapatos com salto mínimo de 9 centímetros de altura. E para evitar que os sapatos saíssem dos pés durante a corrida, algumas participantes “amarraram” os sapatos com fita adesiva.


Essa aí foi a vencedora, nossa, muito sortuda ela.


É isso aí gente, espero que tenham gostado desse post ;)
Inté a próxima
Miil Beijos

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Feliz Dia Do Amigo

Loucos e Santos


Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.

Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.

A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.

Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.

Deles não quero resposta, quero meu avesso.

Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.

Para isso, só sendo louco.

Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.

Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.

Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.

Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.

Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.

Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.

Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.

Não quero amigos adultos nem chatos.

Quero-os metade infância e outra metade velhice!

Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.

Tenho amigos para saber quem eu sou.

Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que “normalidade” é uma ilusão imbecil e estéril.

(Oscar Wilde)

quarta-feira, 13 de julho de 2011

13 de Julho: Dia Mundial do Rock

Rock é o gênero musical mais conhecido e, certamente, o mais cultuado no mundo. Tudo começou no inicio dos anos 50, quando o mundo vibrava com o fim da Segunda Guerra Mundial. A música era considerada uma verdadeira salada de gêneros, embalou os jovens da época e vem, até hoje, fazendo a cabeça de todos.
Três décadas depois do seu surgimento, o rock ganhou um dia especial no calendário, e por uma boa causa.




No dia 13 de julho de 1985, foi realizado o Live-Aid, um show que aconteceu simultaneamente em duas cidades de dois continentes: na Filadélfia, Estados Unidos, e em Londres, Inglaterra.
O Irlandês, Bob Geldof, integrante de uma banda chamada Boomtown Rats, foi o idealizador do Live-Aid. Muitos artistas quiseram participar cedendo seus cachês, entre eles, Mick Jagger, Tina Turner, Madonna, David Bowie, Phil Collins, Eric Clapton , Ozzy Osbourne e The Who.
Mais de 170 mil pessoas participaram do show e 1,5 bilhão acompanhou o show pela televisão.


Feliz Dia Mundial Do Rock pra todos vocês!

Miil Beijos


Lauren